https://www.saojoaobraga.pt/wp-content/uploads/2017/04/PropostaSJoao-e1595504398632.png

NOTÍCIAS

Maio 30, 2014

Comunicado: Desfile Medieval e Corrida do Porco Preto

Conscientes das proporções que o anúncio da corrida do porco preto, inserida nas festividades do São João de Braga, está a tomar, bem como dos equívocos gerados sobre os moldes da mesma, a Associação de Festas de São João de Braga, a Associação “Os Bravos da Boa Luz”, a União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade, responsáveis pela organização em colaboração com a Equipa Espiral, Associação Ida e Volta, Grupo de Jovens Alvorada e Associação Académica da Universidade Minho (AAUM) vêm por este meio esclarecer os interessados que:

1. Naturalmente, a reconstituição da corrida do porco preto não será realizada nos moldes em que se realizava no passado;

2. O objetivo é recuperar o desfile medieval que incorporava a corrida e onde constavam também elementos como a serpe, o rei imperador, entre outros;

3. Uma das premissas da organização, que pode ser atestada por cada uma das instituições envolvidas, é de não ser exercido qualquer tipo de violência sobre o animal, o que faz cair por terra as previsões de que se trata de uma matança, ato de crueldade ou qualquer outro tipo de indignidade para com o animal;

4. A largada do porco preto consistirá numa corrida num percurso de 500 metros e no qual haverá uma bifurcação que motivará a vitória de uma das duas equipas, havendo a impossibilidade de tocar no animal, tal como sublinham as regras;

5. O Porco efetuará a descida desde o largo Paulo Orósio até à Rua dos Bombeiros Voluntários, junto ao Parque Radical, sozinho, sem ser perseguido por nenhuma multidão;

6. O animal é um porco selvagem proveniente de uma propriedade agrícola do concelho de Vila Verde, estando acostumado a circular livremente e que estará no seu habitat até perto da hora do desfile e ao qual regressará logo após;

7. A organização repudia as inverdades ditas sobre a iniciativa nomeadamente o conteúdo da petição que tem sido orquestrada com o intuito de destabilizar a organização das festas;

8. Em nenhum momento a organização alterou o formato previamente formulado ao contrário do veiculado, o que atesta a má fé dos promotores da petição;

9. Tendo em conta o formato da iniciativa entende a organização que não se justificam as acusações de que tem vindo a ser alvo, da parte de quem apenas pretende tirar proveito politico desta situação e branquear todos os outros eventos previstos no programa;

10. Até à hora da emissão do comunicado, apenas houve um contacto com a organização para perceber em que moldes iria decorrer a corrida.

Com as melhores saudações sanjoaninas,
A equipa

0