https://www.saojoaobraga.pt/wp-content/uploads/2017/05/13.jpg

NOTÍCIAS

Julho 11, 2015

Candidatura a Património Imaterial avança em Julho

Com um património histórico vasto, as mais antigas sanjoaninas de Portugal irão avançar, tal como foi anunciado pela Associação de Festas de São João de Braga (AFSJB) em conferência de imprensa de apresentação do programa da edição de 2015 das sanjoaninas da cidade, com a candidatura ao inventário de Património Imaterial de Portugal.

A candidatura a Património Imaterial de Portugal tem como objetivo consolidar as festas bracarenses no panorama nacional, garantindo a preservação das tradições e da cultura sanjoanina. Para Rui Ferreira, presidente da AFSJB, a candidatura é um momento chave para as festas que terão, assim, o seu papel reconhecido no inventário de Património Imaterial de Portugal.

A Direção-Geral do Património Cultural é a entidade responsável por este levantamento e deverá receber, tal como adiantou Rui Ferreira, a candidatura bracarense antes do final do mês de Julho. “A candidatura estará concluída antes de 31 de julho de 2015, temos a documentação histórica toda reunida e inventariada, o que facilitará o processo”, sublinha.

Recorde-se que a edição das sanjoaninas de 2015 levou mais de um milhão de pessoas às ruas de Braga e ficou marcada pela apresentação do primeiro documentário sobre as festas de São João de Braga (“O São João é de Braga”) e pelo lançamento do trabalho discográfico que reúne a tradição musical sanjoanina, “E repenica…”, ambos com o objetivo de garantir a preservação do património histórico do São João de Braga.