7 Maravilhas da Cultura Popular: São João de Braga não alcança distinção

As Festas de São João de Braga não conseguiram garantir lugar na lista das 7 Maravilhas da Cultura Popular.

Firmino Marques, presidente da Associação de Festas de São João de Braga, agradece o apoio a toda a comunidade, destacando que “o apoio dos bracarenses foi fundamental para chegar até aqui”.

Apesar de não trazer para Braga o título de Maravilha, o responsável das sanjoaninas de Braga mostra-se feliz com o percurso do São João de Braga no programa. “Não conseguirmos a distinção, mas chegamos à final e vimos as festas figurarem na lista dos 14 patrimónios da Cultura Popular de maior relevo no nosso país”, diz.

Já Ana Bacalhau, a madrinha da candidatura das festas, recorda que “O caminho que fizemos até aqui demonstra que as Festas de São João de Braga são realmente especiais. Apesar de não ter sido uma das 7 maravilhas distinguidas, estas festas são uma verdadeira maravilha”.

Depois de um ano atípico, que levou ao cancelamento físico das celebrações do São João de Braga, pela primeira vez em mais de 800 anos, a equipa responsável pelas festas está a começar a preparar a edição 2021 das sanjoaninas mais antigas do país. “Sabemos que o São João de Braga é uma maravilha, e, ainda que não tenhamos conseguido a distinção oficial, estamos a trabalhar para que em 2021 possamos voltar às ruas de Braga”, avança Firmino Marques.

Ainda sobre o concurso, Firmino Marques acredita que o mesmo trará mais gente a Braga para viver as festas de São João de Braga. “Todos os finalistas do título de Maravilha de Portugal viram reforçado o seu posicionamento e verificaram um aumento de visitantes, o que nos faz acreditar que iremos ter mais visitas nas nossas festas”, diz.

Com espetáculo já confirmado no programa das Festas de São João de Braga em 2021, Ana Bacalhau promete “muita festa e animação”.

Recorde-se que, organizado pelas 7 Maravilhas de Portugal, a edição 2020 foi dedicada à Cultura Popular, tendo como categorias o artesanato, artefactos, lendas e mitos, festas e feiras, músicas e danças, rituais e costumes, procissões e romarias.

São João de Braga com Memória

As Festas de São João de Braga são feitas de memórias e de pessoas que, ao longo dos anos, têm valorizado a história das maiores e mais antigas sanjoaninas de Portugal.

A Associação de Festas de São João de Braga, no âmbito da presença na final das 7 Maravilhas da Cultura Popular, recolheu alguns testemunhos associados às festas de São João.

Dos quadros do cortejo sanjoanino às tradições religiosas. Da etnografia às decorações.

Alberto Nogueira:

Carlos Bonjardim:

André Marcos:

Daniel Pereira Cristo:

João Brás:

Roberto Mariz:

Abel Rocha:

7 Maravilhas da Cultura Popular: São João de Braga à procura da distinção

As Festas de São João de Braga voltam a ser colocadas à prova este sábado, 5 de setembro, naquela que é a derradeira etapa para que as festas sanjoaninas mais antigas do país possam alcançar uma das sete distinções como Maravilha da Cultura Popular. As 7 Maravilhas da Cultura Popular serão conhecidas numa emissão que durará até perto da meia noite. 

Para que as festas sanjoaninas mais antigas de Portugal possam trazer para Braga a distinção associada ao concurso das 7 Maravilhas, a candidatura deverá ser uma das sete que mais votos consiga angariar até ao final do dia de amanhã.

Com linhas abertas para votação desde terça-feira, a Associação de Festas de São João de Braga volta a desafiar a população a votar nas Festas de São João de Braga, uma vez que só o voto popular poderá valer o título. O número de votação mantém-se inalterado [760 207 821], tendo a chamada um custo de 0,60€ + IVA. As linhas estarão abertas até por volta das 23h30 deste sábado, 5 de setembro.

Recorde-se que a candidatura das Festas de São João de Braga é a única do distrito de Braga finalista das 7 Maravilhas de Portugal que, este ano, se dedica à Cultura Popular.

Organizado pelas 7 Maravilhas de Portugal, esta edição dedicada à Cultura Popular tem como categorias o artesanato, artefactos, lendas e mitos, festas e feiras, músicas e danças, rituais e costumes, procissões e romarias.

Centro de Braga decorado a preceito para a final das 7 Maravilhas da Cultura Popular

Depois do regresso do São João de Braga ao chafariz da Avenida Central, é a vez da Arcada se vestir a preceito para a final das 7 Maravilhas da Cultura Popular. A Associação de Festas de São João de Braga decorou, no início desta semana, a Avenida Central para recordar os bracarenses de que está na corrida ao título de Maravilha de Portugal.

A decoração agora colocada naquele que é um dos epicentros festivos do São João de Braga pretende recordar a comunidade de que as festas da cidade estão em competição até ao próximo sábado, 5 de setembro.

Além das ornamentações colocadas no centro de Braga, a Associação de Festas de São João de Braga fará chegar às casas dos bracarenses um postal alusivo ao concurso.

Recorde-se que as Festas de São João de Braga são finalistas das 7 Maravilhas da Cultura Popular, estando, atualmente, a disputar por um lugar na lista das mais votadas.

As 7 Maravilhas serão anunciadas em direto na emissão televisiva transmitida pela RTP1 a 5 de setembro, sendo que as vencedoras (de um lote de 14) serão as que tiverem obtido o maior número de votos (telefonemas) do público. Já é possível votar no São João de Braga através do número 760 207 821 (custo da chamada 0,60€+IVA).

Organizado pelas 7 Maravilhas de Portugal, esta edição dedicada à Cultura Popular tem como categorias o artesanato, artefactos, lendas e mitos, festas e feiras, músicas e danças, rituais e costumes, procissões e romarias.

Votações para as Maravilhas da Cultura Popular Portuguesa arrancam amanhã

A partir desta terça-feira, 1 de setembro, será possível voltar a votar nas Festas de São João de Braga para as 7 Maravilhas da Cultura Popular Portuguesa. As linhas telefónicas voltam a estar disponíveis, sendo o televoto essencial para garantir a eleição das sete Maravilhas da Cultura Popular.

Para que o São João de Braga possa conquistar o título de Maravilha da Cultura Popular de Portugal, a ser atribuído durante a gala das 7 Maravilhas que acontecerá dia 5 de setembro, a linha telefónica atribuída às festas [769 207 821 – custo da chamada: 0,60€ + IVA] deverá ser uma das mais concorridas, sendo que as votações terminam no próximo sábado.

Recorde-se que, apurados os 14 finalistas das 7 Maravilhas da Cultura Popular Portuguesa, o São João de Braga é o único representante do distrito de Braga na final de Bragança.

Organizado pelas 7 Maravilhas de Portugal, esta edição dedicada à Cultura Popular tem como categorias o artesanato, artefactos, lendas e mitos, festas e feiras, músicas e danças, rituais e costumes, procissões e romarias.

São João de Braga é um dos 14 finalistas das 7 Maravilhas da Cultura Popular

As Festas de São João de Braga alcançaram um merecido lugar na final das 7 Maravilhas da Cultura Popular este domingo, 23 de agosto, em Loulé. As mais antigas festas sanjoaninas de Portugal foram uma das maravilhas mais votadas e carimbaram o passaporte para a grande final de Bragança, agendada para o dia 5 de setembro.

“Esta conquista é importante para reforçar a marca do São João de Braga como a Maior e Mais Antiga Festa Popular de Portugal”, atira Firmino Marques, presidente da Associação de Festas de São João de Braga.

Firmino Marques destaca a enorme importância dos bracarenses estarem unidos em torno deste concurso, reforçando que este envolvimento “será crucial para alcançar um bom resultado na final”, uma vez que a atribuição do título de Maravilha depende das chamadas telefónicas feitas pelos portugueses. “Temos sentido o apoio dos bracarenses, e dos portugueses em geral, quer nas ruas, quer nas redes sociais”, acrescenta o responsável das sanjoaninas. Deixa ainda o desafio “Contamos com o apoio de todos, nesta ponta final!”

Para votar nas Festas de São João de Braga basta utilizar a linha telefónica 760 207 821 [custo da chamada 0,60€+IVA], sendo que as linhas só serão abertas após a segunda semifinal do concurso, que acontecerá no próximo fim de semana.

Organizado pelas 7 Maravilhas de Portugal, esta edição dedicada à Cultura Popular tem como categorias o artesanato, artefactos, lendas e mitos, festas e feiras, músicas e danças, rituais e costumes, procissões e romarias.

São João de Braga garante lugar na semifinal das 7 Maravilhas da Cultura Popular

Depois do segundo lugar arrecadado na final regional do concurso 7 Maravilhas da Cultura Popular Portuguesa, as Festas de São João de Braga garantiram a passagem para a semifinal nacional do concurso, que acontecerá em Loulé no próximo domingo. 

Firmino Marques, presidente da Associação de Festas de São João de Braga, destacou esta passagem como um marco para as festas, que passam agora a competir por um lugar na final. “Esta cerimónia confirmou o que já sabíamos e aquilo em que sempre acreditamos: o São João de Braga é uma maravilha, tal como a história tem demonstrado. O São João de Braga é a maior e mais antiga festa popular de Portugal”, garante.

Para que as festas sanjoaninas mais antigas de Portugal possam chegar à final de Bragança, a candidatura deverá ser uma das mais votadas na semifinal do próximo dia 23 de agosto. O número de votação mantém-se inalterado [760 207 821], sendo que as linhas reabrem para votações na próxima terça-feira, 18 de agosto.

Organizado pelas 7 Maravilhas de Portugal, esta edição dedicada à Cultura Popular tem como categorias o artesanato, artefactos, lendas e mitos, festas e feiras, músicas e danças, rituais e costumes, procissões e romarias.

São João de Braga luta por lugar na semifinal das Maravilhas da Cultura Popular

As Festas de São João de Braga estão na corrida a um lugar na semifinal das 7 Maravilhas da Cultura Popular, que acontecerá a 23 de agosto, em Loulé. As festas, que alcançaram o segundo lugar na final do distrito, vão a votos a 16 de agosto, na cerimónia da repescagem dos seis melhores segundos classificados.

Para Firmino Marques, presidente da Associação de Festas de São João de Braga, o segundo lugar das festas “pode levar o São João de Braga até primeira semifinal do concurso”.

“Ainda que não tenhamos passado diretamente para a semifinal, acreditamos que a gala da repescagem nos possa ajudar a chegar à fase seguinte”, atira o responsável pela organização das sanjoaninas de Braga.

Com duas candidaturas, promovidas pela Associação de Festas de São João de Braga, na luta por um lugar na próxima fase, e depois de uma final regional renhida, as Festas de São João de Braga acabaram por se destacar, deixando a candidatura dedicada aos Gigantones e Cabeçudos pela final regional. “Quando nos candidatamos às 7 Maravilhas sabíamos que o desafio seria grande e que todas as candidaturas que apresentamos (6 candidaturas iniciais) teriam força e história para as trazer até esta fase regional. Ainda que tenham ficado em último lugar, os Gigantones e Cabeçudos chegam à repescagem através da candidatura das Festas de São João, uma vez que são uma parte muito importante das nossas festas”, recorda o responsável pela organização das sanjoaninas.

O segundo lugar, anunciado na manhã desta quarta-feira, 12 de agosto, coloca o São João de Braga na gala de repescagem, que acontecerá já este domingo, 16 de agosto, em Porto de Mós. Para que as festas bracarenses possam chegar à semifinal de Loulé, a acontecer a 23 de agosto, as festas deverão ser uma das seis maravilhas mais votadas na repescagem. O número de votação mantém-se inalterado [760 207 821], no entanto, o período para fazer chamadas será reduzido, concentrando-se entre as 11h30 e as 19h30 do próximo domingo.

Organizado pelas 7 Maravilhas de Portugal, esta edição dedicada à Cultura Popular tem como categorias o artesanato, artefactos, lendas e mitos, festas e feiras, músicas e danças, rituais e costumes, procissões e romarias.

A caminho das 7 Maravilhas da Cultura Popular

As Festas de São João de Braga e os Gigantones e Cabeçudos estão na corrida ao título de Maravilha da Cultura Popular Portuguesa.

Para promover as duas candidaturas, a Associação de Festas de São João de Braga construiu quadras sanjoaninas para o apelo ao voto.

Descubra quais:

Ana Bacalhau, Madrinha candidatura Festas de São João

Daniel Pereira Cristo, Padrinho candidatura Gigantones e Cabeçudos

Dores

Damião Pereira Gonçalves, Diário do Minho

Melinha

José Portugal, Antena Minho/Correio do Minho

Altino Bessa, Vereador do Turismo CM Braga

Lídia Dias, Vereadora da Cultura CM Braga

D. Jorge Ortiga, Arcebispo de Braga

Ricardo Rio, Presidente da CM Braga

Firmino Marques, Presidente da Associação de Festas de São João de Braga

Ana Bacalhau e Daniel Pereira Cristo são padrinhos das candidaturas do São João de Braga às 7 Maravilhas

Já são conhecidos os padrinhos das candidaturas promovidas pela Associação de Festas de São João de Braga às 7 Maravilhas da Cultura Popular de Portugal. Ana Bacalhau e Daniel Pereira Cristão são os embaixadores das candidaturas das Festas de São João de Braga e dos Gigantones e Cabeçudos, respetivamente, numa escolha que serve de antevisão para a edição de 2021 do São João de Braga.

Firmino Marques, presidente da Associação de Festas de São João de Braga, sublinhou, durante o encontro com os jornalistas, que “esta é uma dream team, sendo que, além de apadrinhar as candidaturas às 7 Maravilhas da Cultura Popular, os dos padrinhos marcarão presença no São João de Braga em 2021”.

Para Daniel Pereira Cristo, padrinho da candidatura dos Gigantones e Cabeçudos, a nomeação destas figuras tão características do São João de Braga confirma a “essência das sanjoaninas” e recorda que “a tradição deve ser preservada”.

Já para a cantora Ana Bacalhau, a ligação ao São João de Braga é muito especial pela envolvência que as festas trazem à cidade e a que já teve oportunidade de assistir. A madrinha das Festas de São João de Braga deixou ainda a promessa de “dar tudo em palco no concerto de 2021”.

Consciente das dificuldades que o setor cultural atravessa neste momento, o presidente da Associação de Festas destacou a importância de apoiar desde já a cultura e sublinhou que a organização está já a preparar 2021 lado a lado com as várias associações e agentes culturais bracarenses.

De sublinhar que as duas candidaturas da Associação de Festas de São João de Braga estão na corrida ao lugar que dá acesso à próxima fase do concurso e que será atribuído aquando da final regional, a acontecer a 11 de agosto, data até à qual decorrerão as votações nesta fase.

O semifinalista regional, a ser anunciado em direto na emissão televisiva transmitida pela RTP1 a 11 de agosto, será o que tiver obtido o maior número de votos (telefonemas) do público, sendo possível votar no São João de Braga através do número 760 207 821 e nos Gigantones e Cabeçudos através do contacto 760 207 824.

Organizado pelas 7 Maravilhas de Portugal, esta edição dedicada à Cultura Popular tem como categorias o artesanato, artefactos, lendas e mitos, festas e feiras, músicas e danças, rituais e costumes, procissões e romarias.