PROGRAMA

Cortejo Sanjoanino

A manhã de 24 de junho acorda com o histórico cortejo sanjoanino, que conjuga a tradição sanjoanina com a modernidade das festas.
O cortejo é composto por três elementos chave: o Carro das Ervas, a Dança do Rei David e o Carro dos Pastores.
As três representações teatrais marcam o dia e levam até às ruas da cidade milhares de espectadores.

Carro das Ervas
Originário da idade medieval, este carro secular tem como objetivo primeiro purificar as ruas por onde passam os cortejos e procissões sanjoaninas.
Num carro puxado por bois, o casal de romeiros atira para as ruas ervas que também as perfumam.

Dança do Rei David
Com um som icónico bastante apreciado, a dança do Rei David é um dos elementos chave das sanjoaninas de Braga.
A representação teatral, que acontece em cima de um carro alegórico, reúne 13 elementos, um dos quais a figura do Rei David.
É ao ritmo de uma música oitocentista da autoria de um monge agostinho do Convento do Pópulo, como refere José Gomes, que o grupo dança, sendo o passo mais característico o tipo polca, em que uma das pernas está mais elevada com o joelho dobrado na zona da cinta.
Sem ser possível encontrar com exatidão a origem da representação, muitos acreditam que a mesma tem origem nos quadros que compunham as procissões sanjoaninas no período barroco, sendo discutível a influência que poderá ter recebido da Mourisca, dadas as semelhanças.
Este é, sem sombra de dúvidas, um dos grandes elementos diferenciadores do São João na cidade de Braga, podendo ter tido origem no século XVI. Com o Rei David a ser protagonista por ser a figura bíblica do pastor que se tornou rei do povo de Deus ao derrotar Golias.

Carro dos Pastores
O cortejo sanjoanino fecha com o terceiro carro alegórico dedicado ao Auto do Carro dos Pastores.
A representação teatral, desempenhada de forma exímia por crianças num carro forrado a cortiça e que é totalmente decorado com ervas, tem como elemento central o nascimento de São João Baptista, o santo cujo nascimento se celebra a 24 de junho.
Com vários atos, é possível ver a representação do momento em que o anjo anuncia a Zacarias que irá ser pai de um filho com Isabel, bem como o momento do anúncio do nascimento do pequeno João Baptista.
Os cânticos e as danças marcam todo o auto, cabendo a seis rapazes e seis raparigas, vestidos com trajes de gala e acompanhados por cajados com fitas coloridas e pandeiretas, interpretar todos os atos. O carro conta ainda com anjos que aparecem e desaparecem conforme o desenrolar do auto.
Além do anjo, dos pastores e das figuras de Isabel e Zacarias, o carro conta com um pequeno João Baptista. De ar traquina e malandro, o menino acaba por conseguir provocar algumas gargalhadas junto do público pela forma como interage com os pastores e com o seu carneirinho.

Dia: 24 de junho, 2019
Hora: 09h00
Local: Largo de S. João do Souto